DEUS NÃO ESTÁ BRAVO



Quando eu era criança de vez em quando eu ouvia algumas pessoas dizerem: "Olha, cuidado porque Deus está vendo... Deus castiga". Acredito que talvez você também já deve ter ouvido algo parecido. Isso não soa nada bem. Com que conceito sobre Deus uma criança crescerá ao ouvir este tipo de coisas de um adulto? O pior é que nós nem mesmo temos uma base bem fundamentada para fazer tal afirmação. Simplesmente aprendemos assim e vamos passando isso adiante.


Desenvolvemos uma teologia do medo e ensinamos isso aos nossos filhos. Passamos a ideia de que precisam estar atentos, pois estão sendo vigiados e, se fizerem algo errado, serão castigados pelo Todo-poderoso. Achamos que se eles entenderem isso então pensarão melhor a respeito de suas ações e serão pessoas melhores. Mas, será que é realmente assim que as coisas funcionam? Pense comigo: Esse conceito faz com que uma pessoa se aproxime ou se afaste de Deus? Como pode ser que Deus queira que os seres humanos tenham medo dEle quando Ele amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho para que os mesmos não pereçam? O livro de Tiago, por exemplo, nos mostra que tudo que é bom e perfeito vem dEle, que é o nosso Pai. Tendo isso em mente, como é então que podemos pensar que Deus quer colocar medo nos homens, e que Ele sempre pronto para vingá-los, condená-los e castigá-los? Seria um tanto incoerente isso, concorda?


É importante tomar cuidado para não confundir o temor do Senhor com medo. O temor de Deus não é medo de Deus, mas sim respeito e reverência àquele que é santo. Temer a Deus é agir de forma a respeitá-lo e honrá-lo como Ele merece a fim de manter uma conexão com Ele. Por exemplo: Suponhamos que você vai ao cinema com um amigo. Você o conhece e sabe que ele não assiste e nem gosta de filmes de terror. Por que razão você compraria ingressos para um filme de terror? Se você respeita e ama seu amigo não será problema algum ver outro filme com ele. Ou se vocês saem para comer algo, e você sabendo que ele não é fã de comida japonesa certamente você não o levará a um restaurante que sirva unicamente esse tipo de prato. Você faz isso por honra, respeito e consideração à pessoa, pois a sua conexão com ela é mais importante para você do que um filme qualquer ou uma refeição. Quando você não valoriza seu relacionamento com aquela pessoa você coloca seus interesses acima do relacionamento com ela. Mas quando a conexão é mais importante, tranquilamente você abre mão, pois pessoas são mais importante que coisas. O temor de Deus é mais ou menos assim. É quando sua conexão com Deus é mais importante para você do que qualquer outra coisa. Temer a Deus é respeitá-lo e honrá-lo por quem Ele é e pela importância que Ele tem em sua vida. É você valorizar o relacionamento com Ele, acima de todas as coisas.


O que muitas vezes esquecemos é que na verdade o temor de Deus nos protege. Deus estabelece os limites que Ele estabelece e tem tão alto padrão justamente porque Ele deseja o melhor para nós e sabe muito bem aquilo que nos prejudica e nos destrói. Pois para Ele o que mais importa é uma conexão conosco. Ele acredita, investe e confia em você. No fim das contas, temer a Deus é, na verdade, o caminho para proteger a nossa própria vida e sermos muito mais excelentes em tudo. O problema é que muitos tem uma visão distorcida sobre a vontade de Deus para nós e sobre quem Ele é. Eles se esquecem que Ele é bom e é por nós (Rm 8::31), ou seja, que Ele é favorável a nós. Os pensamentos que Ele tem a seu respeito são sempre de paz e não de mal (Jr 29:11) e o anseio dEle é realizar os desejos do seu coração (Sl 37:4).


Então como temer ao Senhor pode, de alguma forma, se parecer com medo? Se Deus é amor e o perfeito amor lança fora o medo (1Jo 4:16-18) como é possível que Ele quer que você tenha medo dEle? Não faz absolutamente nenhum sentido! Ao contrário, Deus nos ama muito mais do que somos capazes de imaginar. Ele está de bom humor e deseja que você desfrute do bom humor dEle. Na Presença dEle há fartura, abundância, plenitude de alegria e em suas mãos há prazeres e delícias eternas para nós (Veja Sl 16:11). A alegria dEle é a nossa força (Ne 8:10). Se Deus enviou Jesus para ser castigado afim de que você tivesse paz (Is 53:5), ferido para que você fosse curado e morto para que você tivesse vida e vida em abundância, o que te faz pensar que Deus estaria bravo com você e disposto a te castigar?


Certa vez Jesus e seus discípulos chegaram a uma cidade, mas foram rejeitados por seu povo e não puderam ficar ali. Os discípulos em um ímpeto perguntam a Jesus se ele gostaria que orassem para que caísse fogo do Céu e consumisse aquelas pessoas. Quanta ousadia! Me pergunto o que se passava pela mente deles naquele momento. Mas não os julgo. Talvez eles tivessem crescido com essa mesma mentalidade de que Deus castiga e está sempre pronto para punir os seres humanos que não fazem coisas legais. A resposta de Jesus foi simples e direta, esmagando a religiosidade e o paradigma dentro deles. Ele disse: "eu não vim para destruir as almas dos homens Eu vim para salvá-las". Uau! Imagino a expressão de surpresa e constrangimento nos rostos dos discípulos ao ouvirem essas palavras, dada tamanha empolgação que eles estavam em ver aquelas pessoas sendo queimadas vivas. Jesus desmonta o conceito equivocado que eles tinham sobre Deus em apenas uma frase: Não vim para destruir; vim para salvar.


Essa é a verdade sobre Deus. Ele não quer te destruir. Ele não quer te humilhar. Ele não quer nem mesmo te controlar. Se Ele assim quisesse, Ele não teria colocado a árvore do conhecimento do bem e do mal do jardim. Ao colocar essa árvore ali Deus deixou claro para o homem que Ele queria um relacionamento e uma conexão íntima com o ser humano, mas o deixaria livre para ele escolher se também queria isso ou não. O Senhor simplesmente deseja ter um relacionamento de amor com você. Ele não está bravo. Ao contrário, seus braços estão abertos e seu coração está ansiando por ter você por perto, junto dEle. Não há nada mais importante para Ele do que você. Deus está cheio de alegria, amor e graça para derramar sobre você. Ele deseja cuidar de você como alguém que é parte da própria família dEle. Tudo que Ele está esperando é você dizer: Vem Jesus, minha vida está em teu altar, pode entrar... a porta está aberta.


#Paternidade #VidaCristã #Amor #Deus #Graça

178 visualizações

Email: contato@matheusmelo.com / Whatsapp comercial: (19) 98837-3977   © matheusmelo.com - Todos os direitos reservados - Belém, PA